Lendo a biografia de Maria Stuart de Stefan Zweig, um belíssimo livro sobre uma mulher incontornável da história europeia, deparei-me atônito com um poema escrito em sua homenagem. Zweig transcreve um curto trecho do poema, e o resto encontrei na internet. O autor é o grande poeta francês renascentista Ronsard, mas o poema em si não parece constar de suas principais antologias.

Um pouco de contexto: Maria Stuart foi rainha da Escócia desde poucos dias após seu nascimento em dezembro de 1542. Seu pai, o rei James V da Escócia, morreu logo que ela nasceu, e sequer conheceu a filha…






Alípio Ferreira Cantisani

Economics, Brazil, books, and travels.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store